A inovação no mercado Personal Care

Em tempos remotos, a higiene e cuidado pessoal eram vistos como práticas prejudiciais ao nosso corpo. Pode parecer estranho, mas até poucos séculos atrás, os cuidados como a limpeza da pele, o banho, e o ato de lavar as mãos eram considerados vilões à nossa saúde. Com o desabrochar do conhecimento, e com o fortalecimento científico, foi possível ter o conhecimento sobre o mundo microscópico que nos rodeia, ou seja, passamos a ter consciência sobre as bactérias, fungos e demais microrganismos. A partir desse conhecimento acumulado, começamos a entender os fenômenos que estavam por trás das infecções, doenças, e pestes que assolavam o nosso planeta e diminuíam a nossa qualidade de vida. Diante de todas as descobertas sobre esse fantástico mundo invisível e de como ele nos afeta, a nossa atenção sobre esse assunto só cresceu desde então. Tal importância fica evidente quando notamos o nosso cotidiano e a rotina a que nos submetemos com o chamado Personal Care. Esse segmento não se restringe apenas aos produtos de higiene e limpeza, mas também abrange o setor de cosméticos, embelezamento e cuidados pessoais, tanto para o rosto, quanto para o corpo e cabelos.

É inegável que o mercado Personal Care é ascendente. Quando se fala em números, de acordo com a Statista, empresa alemã especializada em dados de mercado e consumidores, estima-se que o mercado global de Beleza e Cuidados Pessoais movimentará cerca de 511,4 bilhões de dólares em todo o mundo este ano, e que esse valor deve crescer anualmente em aproximadamente 4,8 % até 2026. Já no Brasil, esse setor deve faturar em torno de 23 bilhões em 2021, o que coloca o país como um importante mercado consumidor, atrás apenas de outros países considerados mais desenvolvidos como Estados Unidos (82 bilhões US$), China (56 bilhões US$), e Japão (38 bilhões US$), tornando-o particularmente interessante para as empresas do ramo.

Mas, a grande pergunta que nos surge à mente é: Por que esses produtos são tão desejados por todos nós? E a resposta é simples! Esses produtos nos fazem sentir melhores, aumentam a nossa auto-estima, e também nos preservam das agressões externas e de possíveis doenças. Tal sucesso do setor no país está vinculado ao fato de que os brasileiros são preocupados com sua aparência e o bem-estar, e que uma melhoria nesses aspectos pode ser proporcionada por produtos do ramo. Hoje é impossível ficar sem nossos cosméticos, pasta de dente, protetor solar, barbeadores e cremes de barbear, nossos produtos para o cabelo, pele, unhas, cutículas e tantos outros que temos no nosso armarinho do banheiro. Ahhhh, como é bom nos sentirmos bem após os nossos cuidados diários, não é mesmo?

O fato mais curioso desse mercado é o quanto os homens têm aumentado a sua contribuição nesse segmento, principalmente no que tange a barba, hoje tão cultivada pela população masculina. Além da participação da ala masculina, o setor também tem voltado a sua atenção à diversidade, felizmente, seguindo as tendências e demandas da sociedade moderna. Hoje, o portfólio das grandes empresas abrange produtos para calvície, peles negras, cabelos afros, produtos para peles acometidas por alguma enfermidade, produtos orgânicos, veganos, não testados em animais, sustentáveis e de fácil acesso a todos. Os gostos e opções de produtos são quase infinitos, e atendem aos mais variados grupos sociais.

Portanto, acredita-se que os grandes avanços no ramo Personal Care estão especialmente voltados para a preocupação com a diversidade e com os impactos ambientais que possam vir a ser causados. Sabemos que ao optarmos por produtos veganos, temos uma série de benefícios, dentre eles a utilização de ingredientes mais naturais, que irão reduzir as chances de causar danos e reações alérgicas no nosso corpo, por exemplo. Já quando optamos por produtos verdes, ou seja, orgânicos e sustentáveis, estamos dizendo sim a um menor impacto socioambiental. Desta forma, acredita-se que nos próximos anos a tendência é que tenhamos cada mais vez mais produtos verdes, e que tenhamos uma parcela maior de pessoas se sentindo representadas pelos produtos que usam, podendo escolher os mais adequados ao seu tom de pele, tipo de cabelo, idade, sexo e também às suas ideologias.

Matérias-primas do portfólio da Usiquímica:
Inúmeras indústrias de outros segmentos, as fornecedoras de matéria-prima, também se beneficiam com esta alta no mercado Personal Care. Indústrias químicas e farmacêuticas, de embalagens e tantas outras seguem a tendência de alta que este mercado proporciona. A Usiquímica é uma das empresas que atua como fornecedora de uma série de matérias-primas, e pode contribuir muito para alavancar ainda mais esse mercado. A Usiquímica apresenta em seu portfólio produtos como:

Lauril Éter Sulfato de Sódio: amplamente recomendado na formulação de xampus, sabonetes líquidos, banhos de espuma, detergentes; Completamente biodegradável.

Óleo mineral USP: utilizado como base para cremes, bronzeadores, óleos e loções corporais;

Betaína: apresenta excelente compatibilidade dérmica, baixa irritabilidade aos olhos, pele e membranas mucosas. Além disso, promove uma melhoria ao toque, aumento de viscosidade e maior estabilidade da espuma. Completamente biodegradável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *