Português Inglês
Blog

Amônia gás e solução e suas aplicações industriais

industrial textil amônia

A combinação entre uma expressiva produção industrial com a geração decorrente de processos biológicos naturais, tornam a amônia um composto com presença marcante em nosso dia a dia. Presença, aliás, importante até mesmo para nossa subsistência.

Afinal, parte muito expressiva da amônia proveniente da indústria destina-se à fabricação de fertilizantes - como os nitratos, a ureia e os fertilizantes fosfatados -, que incrementam significativamente a produtividade da agricultura.

Mas, na forma de soluções, ela é utilizada também pela indústria de produtos de limpeza, onde é integrada a limpadores de janelas, limpadores de fornos e removedores de cera, entre outros artigos que, quando destinados a uso doméstico, geralmente contêm de 5% a 10% de amônia (naqueles empregados por profissionais, esse teor pode superar a marca de 25%).

Há uso de amônia ainda nas indústrias têxtil, de borracha, de couro, de papel e celulose, na fabricação de lubrificantes, no setor alimentício, bem como no tratamento de água e no setor petroquímico: nesse último, sua característica alcalina é aproveitada para neutralizar ácidos oriundos do óleo cru, ajudando dessa forma a proteger da corrosão os sistemas pelos quais esse óleo deve passar.

Além disso, a amônia tem presença muito tradicional - iniciada ainda no século 19 -, como gás refrigerante. Seu espaço nesse gênero de aplicação havia sido bastante reduzido pela expansão do uso dos CFCs (clorofluorcarbonetos), e hoje está restrito principalmente aos grandes sistemas industriais de refrigeração (que beneficiam-se tanto de sua eficácia quanto de seu custo altamente competitivo, relativamente a outras opções de gases refrigerantes).

Mas agora volta a ser reconsiderado o uso mais intenso da amônia como gás refrigerante, em virtude das crescentes restrições aos CFCs, crescentemente banidos por causarem danos à camada de ozônio que protege nosso planeta dos componentes nocivos da radiação solar.

Já a amônia, é interessante lembrar, é produzida mesmo por processos biológicos espontâneos, pela decomposição dos organismos vivos - tanto vegetais quanto animais -, estando por isso presente de forma natural na atmosfera terrestre.

Propriedades

A molécula da amônia é composta por um átomo de nitrogênio e três átomos de hidrogênio, fortemente ligados. Esse composto materializa-se em um gás incolor, com odor fortemente penetrante, imediatamente reconhecível como característico dessa substância, cuja fórmula química é NH3.

Facilmente solúvel em água, comercialmente a amônia é fornecida tanto na forma desse gás quanto em soluções aquosas com diferentes índices de concentração: nesse caso sua fórmula é NH4OH, e ela é conhecida também como amoníaco.

O principal método atual de produção industrial de amônia é a combinação direta de átomos de nitrogênio e de hidrogênio em um ambiente de pressão e temperatura elevadas, onde o ferro é utilizado como catalisador (em homenagem aos desenvolvedores Fritz Haber e Carl Bosch, esse método foi batizado como Haber-Bosch). O gás assim formado pode ser posteriormente liquefeito, facilitando assim a distribuição e a formação de soluções.

A Amônia da Usíquímica

Embora a amônia esteja presente naturalmente na atmosfera terrestre, há perigo tanto na inalação quanto no contato direto com ela, que é, porém, bastante biodegradável, facilmente absorvida pelos vegetais, que valem-se dela como fonte de nutrientes.

A Usiquímica fornece amônia em diversas opções de soluções: 05/06%; 20% a 28%; 24/25%; 26% e 28%. Essas opções atendem às diferentes necessidades do setor agrícola, das indústrias têxtil, de borracha, couro, lubrificantes, tintas, alimentícia, cosmética, produção de filmes e tratamento de efluentes, entre outros setores e aplicações.

Já o gás, cuja concentração de amônia atinge um mínimo de 95%, tem aplicações nas indústrias químicas e têxteis, nas metalúrgicas, na pecuária e na produção de fertilizantes, em frigoríficos e estações de tratamento de água, entre outros setores.

Mais informações sobre nossa amônia você obtém em: https://usiquimica.com.br/produtos?q=am%C3%B4nia