Português Inglês
Blog

Arla 32 e a importância na sustentabilidade

Arla 32 e a importância na sustentabilidade

Muito se fala sobre sustentabilidade. Recorrente, o tema tem se tornado cada vez mais urgente e necessário. Porém, mais do que discursos inflamados, atualmente, é imprescindível a adoção de práticas que contribuam, de forma efetiva, com a preservação ambiental. É aí que entra o Agente Redutor Líquido de Óxido de Nitrogênio Automotivo, mais conhecido como Arla 32.

Importante aliado contra a poluição atmosférica, o Arla 32, ao ser injetado no sistema de exaustão do veículo, consegue eliminar praticamente a totalidade (98%) dos óxidos de nitrogênio (NOx) que seriam jogados na atmosfera. Solução formada por ureia técnica - na concentração de 32,5% (daí o numeral do nome) -, diluída em água desmineralizada, o Arla 32 reage quimicamente com os NOx, de forma a eliminar a sua toxicidade, gerando elementos inócuos, como o gás nitrogênio e o vapor d´água.

Reduzir a emissão dos NOx da atmosfera traz muitos ganhos ao meio ambiente. Um dos efeitos deletérios desses óxidos diz respeito ao efeito estufa, pois eles degradam a camada de ozônio. Além disso, essas substâncias são tóxicas e contribuem com a formação das chuvas ácidas, ou seja, estão ligadas à destruição de solos, plantas, oceanos e rios.

Inflamável e atóxico, o Arla 32 é classificado na categoria de fluídos transportáveis de baixo risco, e age diretamente contra os danos ocasionados pela queima do óleo diesel. Aliás, justamente por esse motivo, a sua utilização se tornou obrigatória em veículos dotados da tecnologia SCR - Redução Seletiva Catalítica (sigla em inglês de Selective Catalytic Reduction). Essa exigência reforçou o forte apelo ecológico do Arla 32, que se consagrou como um agente fundamental na proteção ambiental.